Logo Livro VIVO.png

Baú de ideias

Eduardo
Spohr

ATIVIDADE 2

Leve os alunos para um espaço que possibilite se organizarem sentados, em roda. Apresente a seguinte proposta de jogo:

“Vocês construirão uma história coletivamente, tendo como uma das regras a utilização das principais características utilizadas por Eduardo Spohr em suas obras, apropriando-se em certa medida de seu universo ficcional sem deixar porém de assegurar o aspecto autoral”

Insira uma bolinha de tênis na área de jogo e estabeleça a segunda regra: somente quem está com a bolinha em mãos poderá falar, ou seja, construir um pedaço da história.

E finalmente a terceira regra: ao sinal do professor quem está falando pára instantaneamente, sem nem sequer terminar sua fala. Em seguida o aluno que está com a bolinha em seu poder estabelece contato visual com outro colega, para quem repassa a bolinha. Quem a recebe tem a incumbência de continuar a história exatamente do ponto onde ela parou, até ser também interrompido pelo professor. O ciclo se repete até que o professor perceba que aquela história já se desenvolveu suficientemente, então sugere ao aluno que recebe a bolinha que a finalize, encaminhando-a para o final.

Repita este jogo algumas vezes e então conversem sobre a experiência vivida pelo grupo.

Dica: escolha momentos bem estratégicos para “congelar” a história, dando assim mais dinâmica e potencializando a criatividade dos alunos inseridos no jogo.

fotos-maiores-livrovivo-abril-2022-projeto-eduardo.png

Atividade 3

Depois de visitar as obras de Eduardo, na íntegra ou não, a partir de experiências com a leitura direta das mesmas ou através de entrevistas, aulas, resenhas, etc…, solicite que cada aluno eleja um personagem com o qual tenha de alguma forma se conectado, por qualquer razão que seja.

Usando uma técnica de sua escolha, cada aluno deve construir a imagem interna que criou deste personagem através de um desenho, escultura, pintura,... No verso do desenho devem deixar claro e de maneira assertiva, na forma de um breve texto, o que os motivou a fazer aquela escolha.

Além de uma exposição das produções de cunho visual, proponha um dia para realmente “vestirem” seus personagens, através de um encontro “Costplay”. Neste dia você pode separá-los em pequenos grupos e solicitar pequenas cenas de improvisação onde estes personagens interagem em situações mais complexas ou também cotidianas, como por exemplo trocarem coletivamente o pneu de um carro, ou irem juntos a um restaurante japonês. Solte você também sua imaginação e proponha situações interessantes para que eles resolvam cenicamente!

ATIVIDADE 1

Apresentar aos alunos o programa Conexões Literárias - A jornada do herói (https://youtu.be/7M5SiQXe_OQ) e em seguida realizar um debate sobre o tema.

Levando em consideração não somente o programa e o debate realizado em sala de aula, mas também a experiência pessoal como consumidor deste tipo de conteúdo, solicite que escrevam individualmente um texto dissertativo, desenvolvendo desdobramentos sobre esta temática.

Atividade 4

Após os alunos se relacionarem diretamente com a obra “Santo Guerreiro” e discuti-la em sala de aula, divida os alunos em grupos de 5 ou 6 integrantes e proponha a construção de podcasts temáticos acerca da obra.

Solicite que cada grupo escolha um recorte diferente, assim ao final poderão inclusive organizar as produções de acordo com uma lógica interna e disponibilizá-la publicamente em episódios, dando origem a uma série em formato podcast.

botao-bau.png