Logo Livro VIVO.png

Jarid
arraes

Baú de ideias

jarid arraes.png

PROPOSTA PEDAGÓGICA 1

O professor apresenta aos alunos a imagem* contendo os objetos abaixo relacionados:

 

- Espada de Iansã

- Boneca Abayomi

- Guias vermelhas

- A mensagem: Egba Mi O

 

*Disponibilizada neste site

 

Depois de observar atentamente os objetos e decifrar a mensagem contida na imagem, os alunos devem elaborar um exercício de criação textual livre – sem formato definido – que responda às seguintes questões: De onde vieram esses objetos? O que está acontecendo? Quem está envolvido? Onde aconteceu?  

Material:

PROPOSTA PEDAGÓGICA 2

Os alunos devem ser inseridos pelo professor numa atmosfera de calma e disponibilidade. É preciso escolher um momento dentro da grade onde estejam menos agitados, diminuir a luz, incenso aceso, respiração profunda, ouvidos despertos. Cada um em sua carteira, munidos de lápis de cor ou quaisquer outros materiais escolhidos pelo professor.

 

Tem início um áudio* contendo fundo musical de matrizes africanas sobreposto pela voz de uma mulher negra, que narra em primeira pessoa o que está acontecendo. A situação de seu povo está insustentável, chegando ao limite - trecho retirado da obra “As Lendas de Dandara", de Jarid Arraes.

 

Enquanto escutam o áudio algumas vezes seguidas, os alunos registram o que sentem através de imagens e palavras em uma folha de papel, que deverá ser preenchida de alguma forma em sua totalidade e entregue ao professor.

 

Caso a atividade seja realizada remotamente, o professor apenas envia o áudio aos alunos, e dá continuidade ao restante da proposta normalmente.

 

*Disponibilizado neste site

Material:

Trecho do Livro "As Lendas de Dandara" de Jarid Arraes

PROPOSTA PEDAGÓGICA 3

Todos assistem ao vídeo onde Aline Valek mostra o processo de criação de ilustração de uma das cenas do livro enquanto a própria autora narra trechos do mesmo capítulo (abaixo):

Lançar aos alunos as seguintes questões:

Pelo quê você lutaria? Por quê? Quais seriam suas armas?

 

O aluno deve responder as perguntas acima e enviar ao professor, que redistribui “os papéis" entre todos. Em uma dinâmica de sarau os alunos lêem em voz alta as respostas que receberam. Observação importante: as atividades não devem estar identificadas, de forma que não saibam quem as respondeu.

PROPOSTA PEDAGÓGICA 4

Primeiramente apresente aos alunos a seguinte história:

 

“Para acalentar seus filhos durante as terríveis viagens a bordo dos tumbeiros – navio de pequeno porte que realizava o transporte de escravos entre África e Brasil – as mães africanas rasgavam retalhos de suas saias e a partir deles criavam pequenas bonecas, feitas de tranças ou nós, que serviam como amuleto de proteção. As bonecas, símbolo de resistência, ficaram conhecidas como Abayomi, termo que significa ‘Encontro precioso’, em Iorubá, uma das maiores etnias do continente africano cuja população habita parte da Nigéria, Benin, Togo e Costa do Marfim.

Quando chegavam à costa, a maioria dos filhos eram separados de suas mães, restando delas apenas aquele pequeno pedaço de veste transformado em boneca”

 

Inspirados por esta narrativa, convide seus alunos a confeccionarem cada um a sua Abayomi*, e assim como acontecia tradicionalmente, deverão presentear alguém muito importante com o artefato e contar-lhes a importância cultural daquele presente tão singelo, para que não nos esqueçamos daqueles que assim como Dandara, um dia viajaram sem escolha da África à América para ajudar a constituir nossa nação.

PROPOSTA PEDAGÓGICA 5

Colocar os alunos em contato com os seguintes vídeos:

 

O primeiro deles trata-se da música Mulheres, de Martinho da Vila.

 

O segundo é uma versão da mesma canção, autoria de Doralyce e Silvia Duffrayer.

Divididos em grupos de até cinco alunos, a proposta é criarem uma nova versão para outra música, que pode ser escolhida pelo grupo. 

Professor, não se esqueça de definir data e formato (presencial ou virtual) para que os alunos compartilhem suas produções.

botao-bau.png